O mundo está ao contrário e ninguém reparou!

Pense no sensor de ré do carro, que começa a apitar de forma leve. Pi… pi... pi… Mas a música está muito alta e você nem consegue ouvir e continua indo rumo à parede. Até que o sensor entende que o risco de colisão é iminente e vira aquele pipipipipi impossível de ignorar. E aí você pode pisar no freio e evitar o desastre ou continuar o que está fazendo e bater na parede. O corona vírus pode ser a parede ou o sensor de ré. Pode ser o fim do mundo ou o alarme que soa e nos faz acordar a tempo de evitá-lo. E isso vai depender de cada um de nós aprender a parar de culpar "o outro" e assumir a responsabilidade que nos cabe nesse caos!