Sobre o ridículo – medo de fantasmas

Quando eu era criança, eu não tinha medo de fantasmas. Mas, à medida que fui crescendo, comecei a acreditar neles. Um que muito me assombrou foi o fantasma do ridículo. Diz o dicionário que “fantasma” é “uma imagem ou visão quimérica e assustadora”. “Ridículo” é aquilo “que provoca riso, escárnio ou zombaria”. E o medo … Continue reading Sobre o ridículo – medo de fantasmas

Sobre cair, levantar e se jogar de novo

Outro dia eu caí andando de patins e me ralei muito. Doía bastante, por isso fui pedir conselhos pra uns amigos médicos: “Água, sabão, paciência… e para de andar de patins!”. Na hora, não gostei do conselho… mas eles estavam certos, pelo menos na parte da água e sabão. Mas parar de andar de patins? … Continue reading Sobre cair, levantar e se jogar de novo

Sair da zona de conforto? OK. Mas o que isso quer dizer?

Um conselho comum que circula nas redes sociais hoje em dia é “saia da sua zona de conforto”. Dizem que é fora da sua zona de conforto que você aprende, que você amadurece, que você vive, que você é feliz, que seus sonhos se realizam, etc. Eu geralmente concordo quando vejo isso sem refletir muito … Continue reading Sair da zona de conforto? OK. Mas o que isso quer dizer?

Se a vida é um livro, quem não viaja só lê uma página

Gosto de uma frase que diz que, se a vida é um livro, quem não viaja só lê uma página. Acho que com essa metáfora talvez eu tivesse conseguido me explicar pro meu amigo mais facilmente. Quando você está lendo, se a história está muito boa, você não continua relendo a mesma página pra sempre. Pelo contrário, você está sempre ansioso para ver o que vem depois.

Zerar o vídeo game ou brincar de massinha?

A verdade é que, quando eu era criança, eu era péssima em vídeo game. Nunca consegui passar na segunda fase do Mario Bross no Super Nintendo. Mas, naquela época, depois de morrer umas vezes eu podia parar de jogar e ir brincar de massinha na sacada – e era o que eu fazia. Dessa vez, tem o Atlântico entre o vídeo game e a massinha, então acho que é melhor eu aprender a jogar...