Ilalika ia Paris, ahlan ia Qahira!

Eu estava pensando em criar um blog, mas lembrar de como era difícil fazer um quando eu tinha 13 anos, muito tempo sobrando e escrevia aXiM me desencorajou. Então resolvi usar o facebook mesmo pra isso (se for chato, as pessoas têm sempre a opção de não ver minhas atualizações, né?). 

Parecia que estava longe, mas amanhã já vou pro Cairo. Com toda a burocracia resolvida, hoje eu tinha o dia livre pra aproveitar Paris. Escolher o que fazer em apenas um dia em uma cidade com tantas opções incríveis não é nada fácil. Escolhi o programa que foi meu passatempo preferido nesse último ano: andar sem rumo e deixar Paris me surpreender (nunca falha!).

Enquanto andava, ia pensando em como, há um ano, vir para Paris era “sair da minha zona de conforto”. Mesmo tendo uma casa, eu não estava “em casa”. Engraçado como hoje, hospedada na casa de uma amiga, com “a vida” dentro de uma mala (que nem é tão grande) e ficando aqui por tão poucos dias, eu me sinto tão chez moi quanto em Brasília.

Penso nesse último ano com nostalgia, mas também com esperança – esperança de que dentro de alguns meses me sentirei em casa também no Egito, afinal, home is where the heart is (e é mais legal multiplicar isso, do que ter que escolher apenas um lar, doce lar).

Ilalika ia Paris, ahlan ia Qahira!

‪#‎amisturadobrasilcomoegito

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s